O BÊBADO E O EQUILIBRISTA

MESMO QUE SEJA EU

MEU DILEMA

MEU ERRO

MEU JEITO DE SER

MEU PAÍS

MEU QUERIDO, MEU VELHO, MEU AMIGO

MILLA

MINHA HISTÓRIA

MINHA NAMORADA

MUCURIPE

MUITO ESTRANHO

MUSA CALABAR

MÚSICA URBANA

NA DANÇA DO STRIP-TEASE

NA SOMBRA DE UMA ÁRVORE

 

 

NADA POR MIM

NÃO SEI DANÇAR

NAQUELA ESTAÇÃO

NAS CURVAS DO TEU CORPO

NEGUE

NEM UM TOQUE

NO SEU LUGAR

NO ZIG ZAG DESSE BUM BUM

Noite e dia

NOS BAILES DA VIDA

NOVO TEMPO

NUVEM DE LÁGRIMAS

NUVENS

O AMOR E O PODER

O AMOR VOCÊ E EU

MENINO BONITO

BEIJO E A REZA

O CANTO DA CIDADE

O CANTO DA RAZÃO

O EXÉRCITO DE UM HOMEM SÓ

O LEÃOZINHO

O MAIS BELO DOS BELOS

O mestre-sala dos mares

O MUNDO ANDA TÃO COMPLICADO

O NOSSO AMOR A GENTE INVENTA

O PAPA É POP

O PREÇO

O que é o que é?

O QUE EU SEMPRE QUIS

O SILÊNCIO

O SONHO NÃO É ILUSÃO

O TEMPO NÃO PARA

O TEU CHEIRO

O VIRA

VOLTA PRA MIM

 

 

 

O BÊBADO E O EQUILIBRISTA

De: João  Bosco e Aldir Blanc

Intérprete: Elis  Regina                                                 Tom:   E

 

Introd.:  ( E    B/D#    C#m   C#m/B   A   E/G#    F#m  B7 )

 

E6/9    A7/13  E6/9 A7/13       E6/9

Caí...a    a     tarde  feito   um viaduto

A7/13   E6/9        A7/13    E6/9

E  um   bêbado trajando luto

G#m5-/7   C#7    F#m7

Me     lembrou Carlitos

    A7+  G#m7   F#m7                    A7+ G#m7

A lua                tal qual a dona do bordel

F#m7    F#m5-/7         B7/13

Pedia  a cada   estrela fria

               F#m7/9  B7/13   D7/9  C#7/9 C7/9   

Um brilho de         alu..........guel

   B7/9 E6/9  A/B                    E6/9  

E nuvens       no mata-borrão do   céu

  A/B                               G#m5-/7    C#7  

Chupavam mancham    tortura............das

D7   C#7   F#m7     

Que su........foco

Am7          F#m7        B7/9      E6/9  A7/13

Louco o bêbado com chapéu-coco

 G#m7 C#m7/9     E/F#   

Fazia irreverências mil

F#7/9         D7/9   B7  E6/9

Pra  noite do         Brasil

           B7/9

Meu Brasil

          E6/9

Que sonha com a volta do irmão do Henfil

 

Com tanta  gente que partiu

           G#m5-/7  C#7    F#m7

Num rabo            de      foguete

 

Chora  nossa  pátria-mãe gentil 

                                B7/13             F#m7/9  B5+/7  E6/9    A/B

Choram Marias e Clarices   no solo do          Bra..........sil

          E6/9

Mas sei que uma dor assim pungente

                            G#m5-/7  C#7

Não há de  ser inultimen..........te

D7 C#7  F#m7

a espe......rança

Am7                   D7/9   B7     E6/9

Dança na corda bamba de sombrinha

A7/13 G#m7       C#m7/9  E/F#   F#7/9

         Em cada passo dessa li..........nha

          F#m7/9     D7/9        C#7/9

pode se ma............chu..........car

Am7            D7/9   B7   E6/9  A7/13

Azar, a esperança equilibrista

G#m7          C#m7/9         E/F#

Sabe que o show de todo artista

F#7/9             A/B   B7/9-    E6/9

    Tem que conti......nu...........ar

 

 

 

MESMO QUE SEJA EU

De:  Roberto Carlos / Erasmo Carlos

Intérprete: Erasmo Carlos                                 Tom: Am

 

Introd.:  Am  G  Am  G

Am                                      G

Sei que você fez os seus castelos

Am                                 G   F

E sonhou ser salva do dragão

          Fm             C                   A7             Dm        G7

Desilusão meu bem quando acordou estava sem ninguém

Am                                       G7

Sozinha no silêncio do seu quarto

Am                                           G   F

Procura a espada do seu salvador

                             Fm       C

Que no sonho se desespera

                   A7              Dm       G7    Am   G  Am  G

jamais vai poder livrar você da fera da solidão

F                  Fm               C

Com a força do meu canto

                        A7           Dm            G7

Esquento seu quarto prá secar seu pranto

Am                           C7

Aumenta o rádio me dê a mão

          F          Fm               Em           A7

Filosofia é poesia é o que dizia a minha vó

         Dm          G7                   C7

antes mal acompanhada do que só

             F                Fm                  Em       A7

Você precisa de um homem pra chamar de seu

Dm                        G7            Am  G  Am

Mesma que esse homem seja eu

                             G                Am

Um homem prá chamar de seu, eu

                             G

Um homem prá chamar de seu

                           Am

Mesmo que seja eu

                             G

Um homem pra chamar de seu...

 

 

 

 

 

 

MEU DILEMA

De:  Michael Sullivan / Paulo Massadas

Intérprete: Fafá de Belém                      Tom: A

 

Introd.:  A  D/A  F#m  B7  A  F#7  Bm  E7

             A                                 Eo                   Bm7  E7  Bm7  E7

De uma solução  você se transformou num problema

             Bm7                             E7              A      Bm7  E7

Você foi a lição que a vida me ensinou meu dilema

                     A                              Eo           Bm7  E7  Bm7  E7

De tudo que aprendi da vida que vivi você foi a razão

              Bm7                   C#7                           F#m  Em7  A7 

Se eu já fui alguém e hoje sou ninguém a culpa é sua

 

              D                        Dm

Não adianta mais achar a solução

                  C#m7                       F#7

Isto é problema meu não tem saída                       REFRÃO

                           Bm7                Dm7  E7                                                                               

Eu tenho que aceitara sua ausência

                  A         Bm7  E7

Na minha vida

 

                  A                         Eo               Bm7  E7  Bm7  E7

Mas o que vou fazer longe se você eu fico triste

                Bm7                     E7                          A  Bm7  E7

E mesmo sem querer aquele grande amor ainda existe

         A                                       Eo                Bm7  E7  Bm7 E7

Eu já tentei mudar o rumo que tomou a minha vida

              Bm7                       C#7                 F#m    Em  A7

De tudo eu já fiz tentando te esquecer e não consigo

 

REFRÃO

 

 

 

 

 

 

 

 

MEU ERRO

 

De:  Herbert Vianna

Intérprete:  Paralamas do Sucesso        Tom:   A

Introdução:         (A  E   D)   Dm

 

A                                     C#m7

Eu quis dizer, você não quis escutar

    D                                Dm

Agora não peça, não me faça promessa

              A                         C#m7

Eu não quero te ver, nem quero acreditar

              D                         Dm

Que vai ser diferente, que tudo mudou

    C#m7                             F#m

Aceites não saber, o que houve de errado

                D                             Dm

E o meu erro foi crer que estar ao seu lado

           A   E           D              Dm                       A   E

Bastaria ah! meu Deus era tudo o que eu queria

          D                       Dm                  

Eu dizia o seu nome, não me abandone

A                                       C#m7

Mesmo querendo, eu não vou me enganar

            D                         Dm

Eu conheço seus passos, vejo seus erros

              A                             C#m7

Não há nada de novo, ainda somos iguais

     D                                   Dm

Então não me chame, não olhe pra trás

    C#m7                            F#m

Aceites não saber, o que houve de errado

                D                             Dm

E o meu erro foi crer que estar ao seu lado

           A   E           D              Dm                         A   E

Bastaria ah! meu Deus era tudo o que eu queria

          D                        Dm                               A

Eu dizia o seu nome, não me abandone jamais

 

 

 

 

 

MEU JEITO DE SER

De:

Intérprete:  Só pra contrariar             Tom: G

 

Introdução: (G  Bm  Em  Bm  C7+   G  A  D4/7  D7)

 

G              Bm              Em

Era só dizer pra mim

                     Bm             C7+     G

Que não sentia mais que tudo se acabou

A                               D4/7         D7

Como o vento forte que passou

G                    Bm                Em

Eu te amei e hoje eu sofro

                    Bm          C7+

Mas sei o meu lugar

                       G        A                                   D4/7    D7

Me perdoa coração por tão fácil assim me entregar

G                      Bm           C7+  

Você levou o meu amor

            Cm               G

E de você nada restou

                 Bm       C7+                   Cm

Eu posso te dizer        que nesse mundo

               G

 o meu jeito de ser

Bm                 C7+                       D7/9    D7/9-

era  você      era te amar      não era sofrer

              G                Bm       

O meu jeito de ser   era você

C7+                          D7/9    D7/9-

Era te amar     não era sofrer

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MEU PAÍS

De: Ivan Lins e Vítor Martins

Intérprete: Ivan Lins                                                 Tom:   Bb

 

Introd.:   ( Bb  F7/4 )

 

 Bb         F4/7  Bb   F4/7  

Aqui é o meu país

        Bb          F4/7     Bb  F4/7

Nos seios da minha amada

         Bb      F4/7  Bb  F4/7

Nos olhos da perdiz

      Am7    D7    Eb7+

Na lua, na invernada

         C/E          A7        Dm7      G7

Nas trilhas , estradas e  veias que vão

         C7        F4/7 (Bb F4/7)

Do céu ao coração

Bb           F4/7    Bb F4/7

Aqui  é  o meu país

       Bb         F4/7      Bb  F4/7

De botas, cavalo e estórias

         Bb  F4/7   Bb F4/7  Am7    D7        Eb7+

De Yaras e Sacis            Violas cantando glórias

      C/E        A7       Dm7      C7   F4/7   (Bb   F4/7)

Vitórias ponteios desafios  no peito do Brasil

        Ebm7                      Gb7+ Ab7       Cm7   Bb/D   Eb7+  F4/7

Me diz , me diz    Como ser   feliz      em outro lugar

        Ebm7                     Gb7+   Ab7       Cm7  Bb/D   Eb7+  F4/7

Me diz, me  diz    Como ser     feliz   em outro lugar

 Bb        F4/7   Bb F4/7

Aqui é o meu país

        Bb              F4/7  Bb   F4/7

Dos sonhos sem cabimento

Bb            F4/7 Bb F4/7         Am7    D7         Eb7+

Aqui sou passarim      que as penas estão por dentro

        C/E  A7   Dm7    G7

Por isso aprendi a  cantar

     C7      F4/7 (Bb F4/7)

Voar,  voar, voar

        Ebm7                  Gb7+  Ab7    Cm7 Bb/D Eb7+ F4/7

Me diz, me diz   como ser feliz em outro lugar

        Ebm7                  Gb7+  Ab7    Cm7 Bb/D Eb7+  F4/7

Me diz, me diz   como ser feliz em outro lugar

        Ebm7                  Gb7+  Ab7     Cm7 Bb/D Eb7+  F4/7

Me diz, me diz   como ser feliz em outro lugar

 

 

 

 

 

 

 

MEU QUERIDO, MEU VELHO, MEU AMIGO

 

De: Roberto/ Erasmo Carlos

Intérprete: Roberto Carlos    Tom:  Am

 

Introdução:    Am   G   E7   F   Am   E7   Am

 

Am               E7     Am     

Esses seus cabelos brancos, bonitos

                      E7

Esse olhar cansado, profundo

                                         

Me dizendo coisas, num grito

                                        Am

Me ensinando tanto, do mundo

                        E7             Am

E esses passos lentos, de agora

A7                                  Dm

Caminhando sempre, comigo

          Bm5-              E7

Já correram tanto na vida

             Am           F       E         Am    E7

Meu querido, meu velho, meu amigo

Am           E7            Am

Sua vida cheia de estórias

                                              E7

E essas rugas marcadas pelo tempo

 

Lembranças de antigas vitórias

                                          Am

Ou lágrimas choradas ao vento

                  E7         Am

Sua voz macia me acalma

   A7                                      Dm

E me diz muito mais do que digo

          Bm5-                E7

Me calando fundo na alma

              Am          F      E7       Am   E7

Meu querido, meu velho, meu amigo

Am               E7       Am

Sua passado vive presente

                                 E7

Nas experiências contidas

 

Nesse coração consciente

                                       Am

Da beleza das coisas da vida

                   E7              Am

Seu sorriso franco me anima

             A7                      Dm

Seu conselho certo me ensina

         Bm5-                  E7

Beijo suas mãos e lhe digo

               Am       F       E7       Am

Meu querido meu velho, meu amigo

E7                       Am

Eu já lhe falei de tudo

                                     F7

Mas tudo isso é muito pouco

E7                        Am   A7

Diante do que eu sinto

  Dm                       Dm6              Am

Olhando os seus cabelos tão bonitos

          Am                E7

Beijo suas mãos e digo

                                  Bm5-           Am

Meu querido, meu velho, meu amigo

 

 

 

 

 

 

 

MILLA

Netinho

 

Tom E - 

Intro.:  E  A7+  G#m7   C#m7   F#   A7+   G#m7   C#m7

 

         A    B/A

Oh! Milla

 

                 G#m7

Mil e uma noites de

 

                   C#m7

Amor com você

 

                      A7+

Na praia, num barco

 

                     B/A

Num farol apagado

 

                              G#m7

Num moinho abandonado

 

                                    C#m7

Em Mar Grande, alto astral

 

                     A7+

Lá em Hollywood,

 

                      B/A

Pra de tudo rolar

 

                             G#m7

Vendo estrelas caindo

 

                          C#m7

Vendo a noite passar

 

           A7+   B

Eu e você

 

                    A    B

Na ilha do sol

 

                    E    E   A   E   A

Na ilha do sol

 

Oh!

 

Solo

 

Tira o pé do chão!

 

   E                     A

E tudo começou

 

       B                E

Há um tempo atrás

 

                   A      B

Na ilha do sol

 

           E                          A

O destino te mandou de volta

 

B                  E          A   B

Para o meu cais, ih êê!

 

     E                    A

E tudo começou

 

 

        B              E

Há um tempo atrás

 

                   A   B

Na ilha do sol

 

          E                          A

O destino te mandou de volta

 

B                     E   A

Para o meu cais

 

C#m7      G#m7

  No coração ficou

 

         A                     E      E   B

Lembranças de nós dois

 

C#m7               B

  Como ferida aberta

 

E              E4      E

Como tatuagem

 

Solo

Repete 2a. parte

 

E A E7+ A E

 

Solo êêêê...

 

 

 

 

 

 

MINHA HISTÓRIA

De: Dalla /  Pallotino    Versão:   Chico Buarque

Intérprete: Chico Buarque                                   Tom: F

 

Introd.:   

          F/C                       F5+                           G4   Eb6

Ele  vinha sem   muita  conversa,  sem  muito  explicar

          C4/7                              C7                      F

Eu    sei  que falava e  cheirava e  gostava de  mar

                F/C                     F5+                        G/D  Eb6

Sei que  tinha tatuagem no braço e dourado no dente

               Bb/C                                                F

E minha  mãe se entregou a esse homem perdidamente

F                 Bb

Laiá,  laiá       Laiá, laiá

          F                          F5+                                G4  Eb6

Ele  assim  como veio  partiu  não se  sabe  pra onde

       Bb/C                               C7                          F

E deixou  minha mãe com o  olhar cada dia  mais longe

        F/C                          F5+                    G     Eb6

Esperando  parada,  pregada na pedra do porto

                Bb/C              C7                        F

Com seu único velho vestido cada dia mais curto

F            Bb

Laiá,laiá     laiá,laiá

                 F                              F5+                                 G4    Eb6

Quando enfim eu nasci  minha  mãe embrulhou-me num  manto

            Bb/C                                                              F

Me vestiu como  se eu fosse assim uma espécie de santo

                 F/C                              F5+                       G/D  EB

Mas por  não se lembrar  de acalantos  a pobre mulher

             Bb/C                       C7                F

Me  ninava  cantando  cantigas de  cabaré

F           Bb

Laiá,laiá    Laaiá,laiá

               F/C                         F5+              G/D    Eb6

Minha mãe não  tardou a  alertar toda  vizinhança

          Bb/C                           C7                                 F

A mostrar que ali estava bem mais  que uma  simples criança

           F/C               F5+                G/D      Eb6

E não sei  se por  ironia  ou se por amor

          Bb/C                            C7                      F

Resolveu me  chamar com o nome de Nosso Senhor

F              Bb

Laiá,  laiá     Laiá,   laiá

               F/C                              F5+                         G4   Eb6

Minha história é esse nome  que ainda hoje carrego comigo

               Bb/C                              C7                        F

Quando vou  bar em bar, viro a  mesa, berro,  bebo  e grito

                F/C                                   F5+                         G/D     Eb6

 Os ladrões  e as amantes, meus colegas de copo  e  de cruz

            Bb/C                         C7                      F

Me conhecem só  pelo meu nome de  Menino Jesus,

F                    Bb

Laiá,   laiá,            Laiá,   laiá

 

 

 

 

 

VINICIUS E MIÚCHA

MINHA NAMORADA

De: Carlos Lyra / Vinícius de Moraes

 

 

Tom: A

Intr.: E7/9-

 

A/C#           Co                    G/B

Meu poeta, hoje estou contente

          Bbo              D/A

Todo mundo de repente ficou

  F#m

lindo

         G#m4/7  G5-/7

Ficou lindo

     F#m                  G/A

Eu hoje estou me rindo

             D7+                G6/7

Nem eu mesma sei de que

A7+          Gm6     Fm6

Porque eu recebi uma

                E7/9

cartinhazinha

         A7+  E7/9

De você

A7+                        Bm7

Se você quer ser minha

         C#m7

namorada

           F#6/7 F#5+/7  Bm7

Ai que linda          namorada

         F#5+/7   B6/7

Você poderia   ser

B5+/7       Bm7   E7/9      A7+

Se quiser ser somente minha

 

      Bm7                C#m7

Exatamente essa coisinha

          Co             G/B

Essa coisa toca minha

         F#6/7            F#5+/7

Que ningué‚m mais pode

 G#m4/7   G5-/7

ter

         F#m              F5+

Você tem que me fazer

             A/E

um juramento

            A/G           D/F#

De só ter um pensamento

          F7+               E4/7   E7

Ser só minha até morrer

       D#m7              D7+

E também de não perder esse

A7+

jeitinho

     Em7          A7   D7+

De falar devagarinho

               E7           A7+   Em7   A7

Essas histórias de você

              D7+          E/D

E de repente me fazer muito

   C#6/7   C#5+/7

carinho

         C#m7   F#6/7       B7

E chorar bem de mansinho

          Bb7+                 E4/7   E7

Sem ninguém saber porque

E                            Bm7

E se mais do que minha

   C#m7

namorada

 

       F#6/7         F#5+/7   Bm7

Você quer ser minha amada

           F#5+/7            B6/7

Minha amada, mas amada

B5+/7   Bm7

pra valer

E7/9-   A7+             Bm7

Aquela amada pelo amor

          C#m7

predestinada

          Co                  G/B   Co

Sem a qual a vida ‚ nada

          F#5+/7

Sem a qual se quer

G#m5-/7    G5-/7

morrer

        F#m                F5+

Você tem que vir comigo

                 A/E

Em meu caminho

     A/G               D/F#

E talvez o meu caminho

        F7+            E4/7   E7

Seja triste pra você

             D#m7              D7+

Os seus olhos tem que ser s¢

                 A7+

dos meus olhos

                Em7  A7          D7+

E os seus braços o meu ninho

       E7              A7+   Em7   A7

No silêncio de depois

            D7+              E/D

E você tem de ser a estrela

        C#6/7   C#5+/7

derradeira

 

              C#m7   F#5+/7      B7

Minha amiga e companheira

        Bb7+             A7+

No infinito de nós dois

 

 

 

 

 

FAGNER

MUCURIPE

De: Antônio Carlos Belchior / Fagner

Tom: Em

Intr.: Em B7 Em

 

Em  G#o                 Am7

As velas do Mucuripe

                             D7

Vão sair para pescar

B/D#                         Em

Vou levar as minhas mágoas

       Cm6                   Em/D

Pras águas fundas do mar.

                           C#m7

 Hoje à noite namorar

                              Am6/C

Sem ter medo de saudade

           B7               Em

Sem vontade de casar.

          E7            Am7

Calça nova de riscado

                            D7/9

Paletó de linho branco

                             Em

Que até o mês passado

           Em7+               Em/D

Lá no campo inda era flor

                                        C

Sob o meu chapéu quebrado

                                 C#m5-

O sorriso ingênuo e franco

                                      F#13

De um rapaz novo encantado

             F#13-       F#m5-

Com 20 anos de amor

 

Em                        Am7

Aquela estrela é dela

C#m5-   Am/C   F#m5-

Vida     vento     vela

B7                Em

leva-me... daqui!

 

 

 

 

 

MUITO ESTRANHO

 

De:  Dalto/Cláudio Rabello

Intérprete:  Dalto

 

Introdução:       G9   G4/7   G7+/13   Gm5+/7   G   Em   C   A   D/A   A   D4/7   D7   C/D

 

G                           G9                               C/G

Hum!  Mas se um dia eu chegar muito estranho

Am                           C/D                           G     C/G

Deixa essa água no corpo lembrar nosso banho

G                             G/F                           C    G/B

Hum!  Mas seu um dia eu chegar muito louco

Am                         C/D                       G

Deixa essa noite saber que um dia foi pouco

G/F                  C    G/B

Cuida bem de mim

Am             D4/7    D7    A      

E então misture      tudo dentro de nós

C                         C/D                    G       C/G

Porque ninguém vai dormir nosso sonho

 

G                                  G9             C/G

Hum!  Minha cara pra que tantos planos?

       Am                       C/D                            G    C/G

Se quero te amar e te amar e te amar muitos anos

G                    G/F                        C     G/B

Hum!  Tantas vezes eu quis ficar solto

Am                          C/D                          G

Como se fosse uma lua a brincar no seu rosto

G/F                  C

Cuida bem de mim

Am              D4/7   D7    A  

E então misture      tudo dentro de nós

C                         C/D                     G     Em   C   A   D/A   A   D4/7   D7   C/D

Porque ninguém vai dormir nosso sonho

C                                          G/D             G7/D   C#m5-/7   Cm7+                 

Porque ninguém vai dormir nosso sonho

G                     G/F                       C    G/B

Hum!  Tantas vezes eu quis ficar solto

Am                          C/D                         G

Como se fosse uma lua a brincar no teu rosto

G/F                   C    G/B

Cuida bem de mim

Am            D4/7     D7     A

E então misture       tudo  Dentro de nós

C                         C/D                    G        Em   C   A   D/A   A   D4/7   D7   C/D

Porque ninguém vai dormir nosso sonho

C                                          G/D              G7/D   C#m5-/7

Porque ninguém vai dormir nosso sonho

 

 

 

 

 

DANIELA MERCURY

MUSA CALABAR

De: Guiguio

 

Tom: C

Intr.: ( Dm7 G7 C7+ )

 

                                       Dm7

Você me disse que não canta

                                     G7

Que não dança nem balança

                           C7+      

Mas se acaba lá no Cála,

                                 Dm7  G7

Mas se acaba lá no Cála,   ôô

                                   C7+

Mas se acaba lá  no Cála

                                Dm7

Mas se acaba lá no Cála

         G7                C7+

Calabar caramba, Cála

                            Dm7

Quando vê o bragadá

                           G7

Baticum brungundum

                     C7+

Você se manifesta

                       Dm7

O afinado da banda

                G7

Te leva a esmo

                      C7+

Você nem protesta

                           Dm7

No meio da multidão

 

                              G7

Com as mão para cima

                         C7+

Aparando as arestas

                           Dm7

Vai cantando o refrão

              G7

Que não dá

                                    C7+

Que não dá pra esquecer

                      Dm7

Essa parafemália

          G7               C7+

Ainda vai te enlouquecer

Estribilho 1 x

                                    G7

Desde o princípio do mundo

O poeta falou

                          C7+

Um canto pra você

                       G7

Que ainda verás

A mudança do tempo

                     C7+

Se junte pra ver

                       G7

Já avisou a vizinha

Que abra a janela

                         C7+

A banda vai passar

                      Dm7

Vá dançar no Cála

         G7                  C7+

Calabar, caramba, Cála

                              G7

Quando vê o bragadá

Baticum brungudum

                     C7+

Você se manifesta

                              G7

Quando vê o bragadá

Baticum brungudum

Vocalização   C   G7   C   G7   C

C                                 Dm7

Desde o princípio do mundo

                 G7

O poeta falou

                         C7+

Um canto pra você

                        Dm7

Que ainda verás

                          G7

A mudança do tempo

                      C7+

Se junte pra ver

                         Dm7

Já avisou a vizinha

                        G7

Que abra a janela

C7+

A banda vai passar

                    Dm7

Vá dançar no Cála

           G7            C7+

Calabar, caramba, Cála

ESTRIBILHO 1 X                                       Dm7

Você me disse que não canta

                                       G7

Que não dança nem balança

                                   C7+

Mas se acaba lá no Cála,

       no Calabar

 

       Dm7             G7          C7+

No Cála, no Calabar No Cála

                                      Dm7

Você me disse que não canta

                                      G7

Que não dança nem balança

                                   C7+

Mas se acabalá no Cála

                                       Dm7

No Cála, no Cála, no Cála

                         G7    C7+

No Cála, no Cála, eiah!

Vocalização (C7+ Dm7 G7)

 

 

 

 

 

 

CAPITAL INICIAL

MÚSICA URBANA

De: Flávio Lemos / Felipe Lemos / Renato Russo /

André Pretorius

 

Tom: Gm

Intr: ( Gm Cm7 Dm7 )

 

Gm                    Cm7           Dm7

Contra todos e contra ninguém

Gm                                            Cm7

O vento quase sempre nunca tanto

   Dm7

diz

  Gm                                 Cm7

Estou só esperando o que vai

 Dm7      Gm   Cm7   Dm7

acon... tecer

Gm                            Cm7

Tenho pedras nos sapatos

               Gm                          Dm7

Onde as carros estão estacionados

    Gm                    Cm7

Andando por ruas quase escuras

       Gm           Dm7

Os carros passam

Gm                    Cm7           Dm7

Contra todos e contra ninguém

   Gm                                       Cm7

O vento quase sempre nunca tanto

  Dm7

diz

Gm                                   Cm7

Estou só esperando o que vai

    Dm7      Gm   Cm7    Dm7

acon . . . tecer

Gm                         Cm7

Tenho pedras nos sapatos

               Gm                        Dm7

Onde os carros estão estacionados

     Gm                    Cm7

Andando por ruas quase escuras

     Gm             Dm7    ( Am Em )

Os carros passam

       Am                             C

As ruas tem cheiro de gasolina e

Am              B

óleo diesel

       Am               C     Am                G

Por toda plataforma, toda plataforma,

 Am              C

toda plataforma

  Am                   ( Gm Cm7 Dm7 )

Você não vê a torre

Gm                      Cm7   Dm7

Tudo errado mas tudo bem

Gm                                     Cm7

Tudo quase sempre como sempre

  Dm7

quis

Gm                                     Cm7

Sai da minha frente que agora eu

  Dm7    Gm   Cm7   Dm7

quero ver

Gm                             Cm7

Não me importam os seus atos

             Gm                           Dm7

Eu não sou mais um desesperado

    Gm                  Cm7

Se ando por ruas quase escuras

       Gm          Dm7

As ruas passam

 

Gm                       Cm7    Dm7

Tudo errado mas tudo bem

Gm                                    Cm7

Tudo quase sempre como sempre

   Dm7

quis

Gm                                 Cm7

Sai da minha frente que agora eu

Dm7   Gm   Cm7   Dm7

quero  ver

Gm                                   Cm7

Não me importam os seus atos

            Gm                    Dm7

Eu não sou mais um desesperado

    Gm                   Cm7

Se ando por ruas quase escuras

     Gm           Dm7  ( Am Em )

As ruas passam

     Am                                 C

As ruas tem cheiro de gasolina e

 Am          G

óleo diesel

       Am               C   Am

Por toda plataforma, toda plataforma

Am            C

toda plataforma

       Am

Você não vê a torre

( Gm Cm7 Dm7 )

 

 

 

 

 

CIA DO PAGODE

NA DANÇA DO STRIP-TEASE

De: Paulinho Levi / Lejel / Toinho do Vale

 

Tom: G

Intr.: (G E7 Am D7) G

 

Pois é moçada!

A Companhia do Pagode é só

alegria!

Voce tem dúvida? Venha pra cá

pra nos ver de perto

Diz que tem que o povo vem

Agora fruta, só dá com o tempo!

Em cima, uh!

 

            D7                     G

Eu lhe disse que não bulisse

E7                         Am

Voce buliu, assanhou

Essa menina

                     D7

Quando se assanha

Ela faz sucesso

                  G             D7

Ela dá um show, vai!

                                      G

Eu lhe disse que não bulisse

E7                       Am

Voce buliu, assanhou

Essa menina

                      D7

Quando se assanha

Ela faz sucesso

                    G

Ela dá um show

                                    Am

Ela me disse, ela me disse

que vai

                 D7

Subir no palco era fazer

         G

strip-tease

Ela me disse, ela me

   Am

disse que vai

                D7

Subir no palco era fazer

          G

strip-tease

Ela me disse, eta me

   Am

disse que vai

                 D7

Subir no palco pra fazer

         G

strip-tease, vii

Ela me disse, ela me

  Am

disse que vai

                D7

Subir no palco pra fazer

          G

strip-tease

                     Em                  D7

Olha gata bonita que vem aí,

diga voce!

                                       G

Quero ver todo mundo aplaudir

                     Em                  D7

Olha gata bonita que vem aí,

rosto bonito, meu filho

 

                                        G

Quero ver todo mundo aplaudir

      Em                         D7

Ela samba chamado voce,

quero ouvir,

                 G

Tira o bustiê

      Em                               D7

Ela samba segurando o tchan,

segure meu filho!

               G

Tira o sutiã

      Em

Ela samba pegando o

         D

umbiguinho, que delícia

                      G

Ela tira o shortinho

       Em

Ela samba com a mão na

       D7

bundinha, não pode não!

                           G

Faz que tira a calcinha

      C      G                        D7

Tira,   tira   tudo que é bonito, é

                     G

 pra se mostrar

         D7           G

Deu uma, deu duas, deu três

                   Am

horas da manhã

           D7                         G

Companhia comendo no centro

         D7           G

Deu uma, deu duas, deu três

                

                  Am

horas da manhã

            D7                      G

Companhia comendo no centro,

I)iga!

Solo C D7 Bm Em  Am D7 G

        D7

Eu lhe disse que não bulisse

E7                        Am

Voce buliu, assanhou

Essa menina

                       D7

Quando se assanha

Ela faz sucesso

                   G

Ela dá um show, em cima!

           D7                       G

Eu lhe disse que não bilisse

E7                       Am

Voce buliu, assanhou

Essa menina

                        D7

Quando se assanha

Ela faz sucesso

                  G

Ela dá um show

                                Am

Ela me disse, ela me disse

que vai

               D7

subir no palco pra fazer

         G

strip-tease

                   E7                  D7

Olha gata bonita que vem aí

                                               G

Quero ver todo mundo aplaudir

                     E7             D7

Olha gata bonita que vem ai.

venha!

                                          G

Quero ver todo mundo aplaudir

       Em                           D7

Ela samba chamando voce.

porque?

               G

Tira o bustiê

       Em                           Am

Ela samba segurando o tchan,

                                D7

como é qua é tentação

               G

Tira o sutiã

      Em

Ela samba pegando o

         D7

umbiguinho, cuidado

men filho

                       G

Ela tira o shortinho

       Em

Ela samba cam a mso na

      D7

bundinha, eu nem quero

saber

                          G

Faz que tira a calcinha

       C     G                         D7

Tira,   tira    tudo que é bonito, é

                   G

pra se mostrar

Vai!

Solo

 

 

 

 

 

HYLDON

NA SOMBRA DE UMA ÁRVORE

De: Hyldon

 

Tom: D

Intr.: D A7 D

 

D                                       C

Larga de ser boba e vem comigo

D                                                      A7   F#m

Existe um mundo novo e quero te mostrar

                     Bm                        E7   D/F# E7

Que não se aprende em nenhum livro

                    E4                       A

Basta ter coragem prá se libertar

            A7

Me dê a mão

               D                            C

E de que valem as luzes da cidade

D                                                A7   F#m

Se no meu caminho a luz é natural

                      Bm                     E7     D/F#  E7

Descansar na sombra de uma árvore

E7            A7                D

Ouvindo os  pássaros cantar,

       D

Cantar

 

 

 

 

 

 

 

 

MARINA

NADA POR MIM

De: Herbert Vianna / Paula Taller

 

Tom: C

Intr.:  C

 

C7+              Dm7

Você me tem fácil

            Gm7

Demais

                C7/9

Mas não parece capaz

D/F#    Fm6                  C9

De cuidar do que possui

C7+         Dm7

Você sorriu e me

        Gm7

Propôs

                     C7/9

Que eu te deixasse em paz

D/F#        Fm6         C7+

Me disse vá e eu não fui

F/A                Fm/Ab

Não faça assim

C9           D/F#

Não faça nada por mim

F7+           Fm

Não vá pensando  que eu

        C

Sou seu

F/A             Fm/Ab

Não faça assim

C9          D/F#

Não faça nada por mim

 

F7+                Fm

Não vá pensando que eu

      C

Sou seu

C7+             Dm7

Você me diz    o que

       Gm7

Fazer

                 C7/9

Mas não procura entender

D/F#            Fm6          C9

Que eu faço só pra agradar

Te agradar

C7+         Dm7

Me diz até o que

     Gm7

vestir

               C7/9

Por onde andar onde ir

D/F#           Fm6             C9

Mas não me pede pra voltar

Não

F/A        Fm/Ab

Não faça assim

C9         D/F#

Não faça nada por mim

F7+            Fm

Não vá pensando que eu

      C

Sou seu

F/A        Fm/Ab

Não faça assim

C9          D/F#

Não faça nada por mim

F7+           Fm

Não vá pensando que eu

 

        C

Sou seu

F/A      Fm/Ab

Não faça assim

C9         D/F#

Não faça nada por mim

F7+           Fm                         C

Não vá pensando que eu sou seu

C7                Dm7             Gm7

Você me tem fácil demais

                C7/9

E não parece capaz

D/F#          F#7

De cuidar do que é seu

 

 

 

 

 

NÃO SEI DANÇAR

 

De:  Alvin L.

Intérprete:  Marina                        Tom:   Gm

 

Introdução:         (Gm   C7   Eb7+)   2x

 

Gm                                              Eb7+                           F

Às vezes eu quero chorar mas o dia nasce e eu esqueço

Gm                                              Eb7+

Meus olhos se escondem onde explodem paixões

     Cm            F                           D7                        Gm

E tudo que eu posso te dar é solidão com vista pro mar

           Eb7+                  F6   F   D7

Outra coisa pra lembrar

 

Gm                                        Eb7+                           F

Às vezes eu quero demais e nunca sei se eu mereço

Gm                                         Eb7+

Os quartos escuros pulsam e pedem por nós

Cm                  F                          D7                        Gm

E tudo que eu posso te dar é solidão com vista pro mar

           Eb7+                   F6   F

Outra coisa pra lembrar

Cm                   F                 D7       Eb   Ebm

Se você quiser eu posso tentar mas

 

Bb                    Bb7        Eb7+

Eu não sei dançar tão devagar

              Ebm

pra te acompanhar

Bb                    Bb7         Eb7+

Eu não sei dançar tão devagar

               Ebm

pra te acompanhar

               Eb/F           Ebm           INTR.

Pra te acompanhar                                                  

 

REPETE TUDO E ACABA

 

 

 

 

 

ADRIANA CALCANHOTO

NAQUELA ESTAÇÃO

De: Caetano Veloso / João Donato / Ronaldo Bastos

 

Tom: E

Intr.: E A7+ D7 E E4 E9 E

 

E        E4           E

Você entrou no trem

A7+   D7         E

E       eu na estação

G#m        Go       F#m   F#m7+

Vendo um céu fugir

        F#m         A/B                     E    C# m

Também não dava mais para tentar

F#7                      A/B     B7

Lhe convencer a não partir

E            A/B     E  A7+

E agora tudo bem

D7            E

Você partiu

         E7                    A7+

Para ver outras paisagens

                      D7

E o meu coração embora

G#m             Go

Finja fazer mil viagens

                    A/B      B7                    E     E7

Fica batendo parado naquela estação

A7+                 D7

E o coração embora

G#m                   Go

Finja fazer mil viagens

                        A/B          B7

Fica batendo parado naquela

       

   E        Introd.

estação

      E        E4    E

Você

                     E

Entrou no trem

A7+   D7               E

E         eu  na estação

G#m   Go          F#m   F#m7+

Vendo um céu fugir

       F#m       A/B                        E    C#m

Também não dava mais para tentar

F#7                     A/B

Lhe convencer a não partir

   E        A/B     E

E agora tudo bem

A7+   D7          E

Vo . . . cê partiu

        E7                A7+

Para ver outras paisagens

                      D7

E o meu coração embora

G#m              Go

Finja fazer mil viagens

                        A/B         B7

Fica batendo parado naquela estação

A7+                  D7

E o coração embora

G#m                  Go

Finja fazer mil viagens

                     A/B            B7

Fica batendo parado naquela estação...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Wando

NAS CURVAS DO TEU CORPO

De: Antonio Carlos / Jocafi /

 

Tom: E

lntr.: E G#m A B7

 

             E                       G#m

Quero fazer coisas de amor

                  A

Seja onde for

               B7

Só com você

                               E

Nas curvas do teu corpo

Me sinto mais faminto

                                           Fo

Conheço as sensações dos seres

         F#m

anormais

Nas curvas do teu corpo

                              F#m7+   F#m7

Eu sinto um desespero

                               B7/4

De quem já fez de tudo

                        B5+/7   E  B7/4

E ainda falta muito      mais

                     E

Eu mono de ciúme

Da calça que te veste

Que brinca e se diverte

 Fo                   F# m

Tirando a minha paz...

Eu fico tão confuso

                        F#m7+     F#m7

Com a tua intimidade .

                         

                        B7/4

Com aquele sabonete nas

 B5+/7          E      E7

 partes sensuais

                             A

Teu cheiro, teu perfume

                              A#m5-/7

Tem gosto de um fruta

          D#7            G#m   C#7

Que ainda vai  nascer

                         F#m

A fruta mais gostosa

                             B7/5        B7

Que nem Adão e Eva chegaram a

          Bm    E7

conhecer

                               A

Eu vendo a minha alma

                            A#m5-/7

Pra Deus ou pro diabo

           D#7          G#m  C# 7

Só pra não te perder

                             F#m

Teu corpo me destino

                          B7/4

Aonde eu sou menino

        B7                 E     B7/4

Brincando de prazer

                E

Quero fazer (quero fazer )

                   G#m

Coisas de amor (coisas de amor)

                A

Seja onde for ( seja onde for )

             B7

Só com você

            

  E

Quero fazer ( quero fazer )

                 G# m

Coisas de amor ( coisas de amor )

                   A

Seja onde for

( seja onde for )

B7

Só com você

                     E

Eu morro de ciúme

Da calça que te veste

Que brinca e se diverte

Fo                     F#m

Tirando a minha paz . ..

 

 

 

 

NEGUE

De:  Adelino Moreira / Enzo de A. Passos

Intérprete: Maria Bethânia                              Tom: Bm

 

Introd.:  Bm

Bm                               Em     

Negue seu amor e seu carinho

Em/D   C#m7/5-           F#7               Bm   C#m7/5-  F#7

Diga                      que você já me esqueceu,

Bm      Bm7+   Bm7         Em   Em/D C#m7/5-     F#7

Pise      machucando com jeitinho         esse          coração

                 Bm

que ainda é seu.

Em7            A7                  D7+

Diga que meu pranto é covardia

G7+      C#m7/5-        F#7                Bm

mas não esqueça que você foi meu um dia.

Em                      F#7

Diga que já não me quer

C#m7/5-                F#7           

Negue que me pertenceu

      Bm         F#7       Bm

e eu mostro a boca molhada ,

Em         Bm        F#7     Bm

ainda marcada pelo beijo seu.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

NEM UM TOQUE

De:  Michael Sullivan / Paulo Massadas

Intérprete: Rosana                      Tom: Bb – B

 

Introd.:  ( Bb  Dm7  Cm7  F7 )

           Bb                        Dm7       

Tanta coisa pra dizer e a gente nem se fala

               Cm7                              F4/7   F7

Nem um toque  tudo vai ficando assim

         Bb                                      Dm7

No barzinho da esquina quase a gente se esbarra

                Cm7                           F4/7        INTRODUÇÃO

Nem um toque tudo vai ficando assim        

           Bb                                      Dm7                  

Você chega com os amigos faz um tipo que me agrada

            Cm7                                  F4/7

Faz de tudo pra chamar minha atenção

             Bb                              Dm7   

Passa a mão pelo cabelo e me olha pelo espelho

            Cm7                                 F4/7   F/G

Faz de tudo pra chamar minha atenção

Cm7                      F7

Olho pro casal da mesa ao lado  

Dm7                  Gm7    G7      

Beijos e abraços apertados

    Cm7                   F7               Eb/G  F7

E eu querendo te dizer muito prazer

Cm7             E7          

E na fantasia do momento

Dm7                         Gm7           G7

Quem de nós vai resistir mais tempo

Cm7                         F7                Eb  F7  F4/7

Meu olhar procura o teu mais uma vez

                            Bb

Não posso me conter

               Dm7              Cm7  F4/7              Bb                      

Nem um toque e eu querendo dizer muito prazer

               Dm7               Cm7  F4/7                 Bb 

Nem um toque e eu sonhando, sonhando com você

              Dm7                Cm7  F4/7              Bb

Nem um toque e eu querendo dizer muito prazer

               Dm7                 Cm7  F4/7                Bb

Nem um toque e eu sonhando, sonhando com você

            Bb                                     Dm7        

Você chega com os amigos faz um tipo que me agrada

            Cm7                                F4/7

Faz de tudo pra chamar minha atenção

             Bb                   Dm7

Passa a mão pelo e me olha pelo espelho

            Cm7                                   F4/7  F/G

Faz de tudo pra chamar minha atenção

Cm7                                          Dm7                  Gm7     G7

Olha pro casal da mesa ao lado beijos e abraços aper......tados

    Cm7                   F7              Eb/G   F7

E eu querendo te dizer muito prazer

Cm7             F7                Dm7                       Gm7          G7

E na fantasia do momento quem de nós vai resistir mais tempo

Cm7                         F7                  Eb  F7  F4/7                       Bb

Meu olhar procura o teu mais uma vez                 não posso me conter

               Dm7               Cm7   F4/7           Bb

Nem um toque e eu querendo dizer muito prazer

               Dm7               Cm7    F4/7               Bb

Nem um toque e eu sonhando, sonhando com você

               Dm7             Cm7     F4/7           Bb

Nem um toque e eu querendo dizer muito prazer...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

KID ABELHA

NO SEU LUGAR

De: George Israel / Paula Toller / Lui Farias

 

Tom: F#

Intr.: F# B

 

F#                  B           F#

Desde que estamos aqui

            B                  F#

Eu não quero saber

            B                   F#

Quanto tempo se passou

                 B                   F#   B

Quem sou eu e onde estou

 F#            B            F#

Ser  que fomos apressados

              D#m    C#    B

Ou foi o tempo que parou

                   C#         B

Ser  que estamos parados

           C#            F#     B    F#

Congelados no espaço

                     B             F#

Desde que estamos aqui

             D#m  C#           B

Eu não quero        saber

             C#

Quem está  por cima

B                         C#

Quem está  por baixo

F#                B

Com você o tempo pára

D#m                          B

Sem você o tempo voa

F#                 B

Sem você eu perco tempo

D#m                         C#

Com você me sinto imortal

F#           C#       B

Eu quero ver você

                        F#

Ficar no meu lugar

      C#                 B

Eu quero ser você

                      (F#   B   F#   B)   Solo

Ficar no seu lugar

F#            B              F#

Ser  que fomos apressados

              D#m    C#     B

Ou foi o tempo que parou

                C#           B

Ser  que estamos parados

          C#

Congelados no

   F#      B

espaço

F#                B

Com você o tempo pára

D#m                        B

Sem você o tempo voa

F#                 B

Sem você eu perco tempo

D#m                          C#

Com você me sinto imortal

C#

Eu quero ver você

Eu quero ver você

F#            C#      B

Eu quero ver você

                       F#

Ficar no meu lugar

     C#               B

Eu quero ser você

                      F#

Ficar no seu lugar . . .

 

 

 

 

 

 

NO ZIG ZAG DESSE BUM BUM

 

De: Alceu Maia/ Sarah Beuchimol

Intérprete: Grupo Raça       Tom:  F

 

F

Gata, quando você passa eu juro

              Dm                     Gm   D7

Descompassa o meu coração

     Gm            D7     Gm         

Você diz que não dá bola mas rebola

C7                         F   C7

Bola na minha canção

 Fm               C7      Fm

Mexe que remexe, mexe nesse sobe e desce

                    Bbm           Fm   C7         Cm7/5-   F7

Nesse vai e vem, vem amor,   vem neném

Bbm     Fm  C7     F

Vem amor, vem neném

                       Dm                          Gm

No zig zag zig zag desse bumbumbum

                        C7                           F

No zig zag zig zag desse bumbumbum

                Dm                         Gm

Meu coração faz chica chica bum

                        C7                                Fm

No zig zag zig zag desse bumbumbumbum

                                                       Bbm

No zig zag zig zag desse bumbumbum

                         C7                         Fm

No zig zag zig zag desse bumbumbum

                                               Bbm

Meu coração faz chica chica bum

                        C7                           F     C7

No zig zag zig zag desse bumbumbum

F                                                            Dm

Gata, se você soubesse que você me aquece

                      Gm    D7

Só com seu olhar

Gm                 D7      Gm                     C7

Que você me desnorteia quando bamboleia

                     F   C7

Pra me provocar

 Fm             C7      Fm

Mexe que remexe, mexe nesse

                                         Bbm

Sobe e desce, nesse vai e vem

            Fm                                  C7

Vem amor (mais que vem, vem vem)

      Cm7/5-  F7   Bbm     Fm   C7        F

Neném                 vem amor,     vem neném

                        Dm                         Gm

No zig zag zig zag desse bumbumbum

 

 

 

 

 

 

Lobão

Noite e dia

 

De:  Lobão/Júlio Barroso

 

Tom:  D

Intro.:  D   C/D   G7+   Bm   A   G  

 

 

D                     C/D                  G

Nos lençóis da cama, bela manhã

      Bm       A      G

No Jeito de acordar

D          C/D                  G

A pele branca - gata, garota

    Bm      A       G

O peito a ronronar

Bm       A        G          C9/7

Seu fingir dormindo - lindo

G         F#7/5+    D     

Você está      me convidando

G         F#7/5+          D

Menina quer       brincar de amar

G         F#7/5+     D

Você está me        convidando

G          F#7/5+          D    D5-   D4

Menina quer        brincar,   ou,   ou

D                   C/D                   G

No escuro do quarto, bela na noite

       Bm     A     G

Nas ondas do luar

D               C/D                   G           Bm   A      G

Seus olhos negros, pantera nua Vem me hipnotizar,

Bm    A      G          C9/7

Eu olho sorrindo - lindo

G         F#7/5+     D

Você está me        convidando

G          F#7/5+         D

Menina quer       brincar de amar

G        F#7/5+    D

Você está me      convidando

G          F#7/5+       D   D5-   D4   D

Menina quer     brincar

G         F#7/5+    D     

Você está      me convidando

G         F#7/5+          D

Menina quer       brincar de amar

G         F#7/5+     D

Você está me        convidando

G          F#7/5+          D

Menina quer        brincar,

 

 

 

 

 

NOS BAILES DA VIDA

De: Milton Nascimento e Fernando Brant

Intérprete: Milton Nascimento                                                 Tom:   D

 

Introd.:   ( D   D9   D4  D  D9 )

( D  D9)

Foi nos bailes da vida ou num bar em troca de pão

 C/D                                            C

Que muita gente boa pôs o pé na profissão

                                               Em

De tocar um instrumento e de cantar

  A4/7                 A7                          D

Não importando se quem pagou quis ouvir

 

Foi assim

D                                                 D7+

Cantar era buscar o caminho que vai dar no sol

D6                                                        Am9

Tenho comigo as lembranças do que eu era

C7+                                     Em

Para cantar nada era longe , tudo  tão bom

A4/7                     A7               G/D             

‘Té a estrada  de  terra na  boléia de caminhão

D              D G/D D

Era assim

D                                                        D7+

Com a  roupa  encharcada e a alma repleta de chão

Am9                                          C7+

Todo  artista tem de ir aonde o povo está

      Em             A4/7    A7

Se foi assim, assim será

Em                      A7                    G/D             D                 D  G/D  D   D9   D

Cantando me desfaço e não me canso de viver nem de cantar

Solo-  F   F7+  Eb   D   Gm  Bb  Bb/C   A4/7  A7

D                                                 D7+

Cantar era buscar  o caminho que vai dar no sol

D6                                                          Am9

Tenho comigo as lembranças do que eu era

C7+                                     Em

Para cantar nada era longe, tudo tão bom

A4/7                      A7          G/D         

‘Té   a estrada de terra na boléia de caminhão

D               D    G/D   D

Era assim,

D                                                     D7+

Com a roupa encharcada e a alma repleta de chão

Am9                                           C7+

Todo artista  tem  de ir aonde  o povo está

      Em             A4/7    A7

Se foi assim, assim será

 Em                      A7                     G/D

Cantando me desfaço e não me canso de viver

D                       D  G/D    D  (F   F7+  F6   Cm   Gm7   C4/7 C7  F  A7  D D7+  D6  Am7   

Nem de cantar....                      C7+  Em  A4/7  A7  D   C7 F  F7+ F6 Cm  Eb  Gm7   C4/7   

                                                 C7 Bb/F  F)

 

 

 

 

 

 

 

IVAN LINS

NOVO TEMPO

De: Ivan Lins / Vitor Martins

 

Tom: A

Intr.: (A9 A7+ G/A D9/F# ) 2x

 

              A9   A7+

No novo tempo    apesar dos

      G/A

castigos

D9/F#                 A7+

     Estamos crescidos

              C# m7/9

Estamos atentos, estamos

F# m7/9

mais vivos

                   Bm7   G#m5-/7

Pra nos socorrer               pra

        C#7/9-  F# m7   D# m5-/7

nos socor. . . rer,      pra

            D9/F#

nos socorrer

D/E        A9     A7+

No novo tempo,     apesar dos

G/A       D9/F#              A9

perigos, da força mais bruta

                      C#m7/9

Da noite que assusta, estamos na

F#m7/9 Bm7 G#m5-/7

luta, pra sobreviver,

        C#7/9       F#m7   D#m5-/7

pra sobrevi .... ver,

               D9/F#

Pra sobreviver

 

D/E E/D                         D7+

      Pra que nossa esperança

E/D                             D7+   A/C#

  Seja mais que a vingança

                                 F#4/7   F# 7

Seja sempre um caminho   que

        B/A

se deixa de

      (C#7+  F#/C#)  (E7+  D/E)

herança

                A9    A7+

No novo tempo       apesar dos

     G/A

castigos

D/A              A/E

De toda a fadiga, de toda

       C#m7/9

injustiça

                   F#m7/9

Estamos na briga pra nos

        Bm7 G#m5-/7

socorrer,               pra nos

C#7/9-      F#m7    D#m5-/7

socor . . .  rer,                 pra

            D9/7#

nos socorrer

D/E          A9      Al i

No  novo tempo apesar

          G/A

dos perigos

D/A               A/E

De todos os pecados.

                    C#m7/9

de todos enganos

                F#m7/9

Estamos marcados pra

 

         Bm7   G#m5-/7

sobreviver,         pra

      C#7/9-   F#m7

sobrevi ........ ver,

D#m5-/7              D9/F#   D/E

         pra   sobreviver

D/E   E/D                          D7+

        Pra que nossa esperança

E/D                        D7+   A/C#

Seja mais que a vingança

                               F#4/7    F#7

Seja sempre um caminho que

       B/A

se deixa de

(C# 7+ F#/C# ) (E7+ DIE)

herança

                 A9   A7+

No novo tempo      apesar dos

      G/A  D/A               A/E

castigos  estamos em cena

                        C#m7/9

Estamos nas ruas quebrando as

     F#m7/9

algemas,

                    Bm7   G#m5-/7

Pra nos socorrer                 pra

        C#7/9-    F#m7     D#m5-/7

nos socor. . . . rer,          pra

                D9/F#

nos socorrer

D/E            A9   A7+

No novo tempo,   apesar dos

  G/A    D/A

perigos

                       A/E

A gente se encontra cantando

 

     C#m7/9

na praça

               F#m7/9               Bm7

Fazendo pirraça pra sobreviver

G#m5-/7  C#7/9-      F# m7

        pra sobrevi ...... ver,

D#m5-/7           D9/7#    D/E

        pra sobreviver

E/D                           D7+

Pra que nossa esperança

E/D                         D7+    A/C#

Seja mais que a vingança

                                  F#4/7   F#7

Seja sempre um caminho     que

      B/A

se deixa de

      (C#7+  F#/C# ) (E7+  D/E)

herança

 

 

 

 

 

NUVEM DE LÁGRIMAS

 

De: Paulo de Bétio/ Paulinho Rezende

Intérprete: Fafá de Belém    Tom:  F

 

Introdução:   F   Gm   F/A   Bb   Bb/F   Gm   F

 

 

F                                                                   C

Há uma nuvem de lágrimas sobre os meus olhos

                                                      Cm

Dizendo pra mim que você foi embora

         F                                         Bb

E que não demora meu pranto rolar

Bb                                                       F

Eu tenho feito de tudo pra me convencer

                                                           G

E provar que a vida é melhor sem você

                                                          C7

Mas meu coração não se deixa enganar

F      

Vivo inventando paixões

                          C

Pra fugir da saudade

                                            Cm

Mas depois da cama a realidade

              F                          Bb

É sua ausência doendo demais

Bb                                                   F

Dá um vazio no peito, uma coisa ruim

                                                               G

O meu corpo querendo o seu corpo em mim

                                                          C7

Vou sobrevivendo num mundo sem paz

F                              G

Ah! Jeito triste de ter você

Bb                                                            F

Longe dos olhos e dentro do meu coração

      F          Gm     F   G                                               2 vezes

Me ensina   a       te esquecer

Bb                              C7                F

Ou venha logo e me tira esta solidão

 

REPETE TUDO

 

 

 

 

 

Pato Fu

 

NUVENS

De: Fernanda Takai

 

 

Tom: C

lntr. : C7+    Am

 

 

 

C7+        Am7

Leve pensamento diz

 

                 F7+

Por muito tempo não consigo

 

G

esperar

 

C7+               Am7

Quase sempre ser feliz

 

           F7+                          G

É um alento ou uma falta de ar

 

     Am7            E7

Capaz de me fazer

 

       Am               Ab7

Um pouco acreditar

 

           Am                  E7

Que o sonho mais perfeito

 

 

 

Ab7                    G7

Pode se realizar, oooo

 

C7+                         Am7

Quando passeio nas nuvens

 

             F7+

Tudo parece igual

 

D

As sombras são medidas

 

F                                 G7

De tantas chances perdidas

 

Vocalização

( C7+ Am F7+ G7 ) Solo

 

Am7               E7

Sem demora então

 

   Am       Ab7

é só acreditar

 

          Am                  E7

Que o sonho mais perfeito

 

Ab7                   G7

Pode se realizar

 

Vocalização

C7+ Am7 C7+ Am7 C7+

 

 

 

 

O AMOR E O PODER

De:  C. de Rouge / G. Mendes / J. Rush / M.S. Applegate / Cláudio Rabello

Intérprete: Rosana                              Tom: F

 

Introd.:  F

                    F                              Dm

A música na sombra     O ritmo no ar

                     F                            C7

O animal que ronda    No véu do luar

                          F                              Dm

Eu saio dos seus olhos    Eu rolo pelo chão

                              Bb                    F/A              C7

Feito um amor que queima    Magia negra     Sedução

                    F                            Bb

Como uma deusa     Você me mantém

           F/A          Gm                            C7

E as coisas que você me diz  Me levam além

                 F                                    Dm

Aqui nesse lugar    Não há rainha ou rei

                                  Bb                         F/A               C7

Há uma mulher e um homem    Trocando sonhos fora da lei

                   F                            Bb

Como uma deusa     Você me mantém

            F/A                    Gm                    C7

E as coisas que você me diz    Me levam além

                         F                                Bb

Tão perto das lendas     Tão perto do fim

     F/A         Gm          F                 Eb

A fim de dividir       No fundo do prazer 

       Bb           F

O amor e o poder

Bb        C7            F      Bb     C7      Dm    

      A música na sombra    O ritmo no ar

Bb   C7           F      Bb                 C7   

Um animal que ronda   No véu do luar

                       F                              Bb

Tão perto das lendas   Tão longe do fim

  F/A           Gm       F              Eb

A fim de dividir  no fundo do prazer

       Bb           F

O amor e o poder

                                                 Bb

Como uma deusa   você me mantém

          F/A            Gm                          C7

E as coisas que você me diz me levam além

                       F                               Bb

Tão perto das lendas     tão longe do fim

   F/A           Gm       F               Eb

A fim de dividir   no fundo do prazer

      Bb            F

O amor e o poder.

 

 

 

 

 

O AMOR VOCÊ E EU

De:

Intérprete:  Só pra Contrariar             Tom: E

 

Introdução:  (E   G#m  C#m  A   F#m   B4/7   B7)

  

       E                                 G#m                           C#m

Se olhar nos  meus olhos verá o que tenho no coração

         A                                   F#m           B4/7      B7

é o brilho do amor, no meu peito se tatuou

                   E                           G#                                 A              Am

É o mais puro    sentimento e no  pensamento o teu corpo no meu

                    E                           B7                E        B7 

Nos meus sonhos eu vejo o amor, você e eu

 

               E                                G#m                C#m

Essa chama que queima te chama pra viver essa  paixão

          A                          F#m                              B4/7               B7

Você é meu paraíso, é tudo  que preciso, não me digas não

             E                               G#                                             A              Am

Quero ser o teu desejo me dá teu doce beijo que eu me entrego sou teu

        E                               B7               E         B7

e então nós seremos o amor, você e eu

 

       E                                G#m                   C#m

Me deixa mergulhar bem fundo na tua emoção

        A                               F#m                      B4/7     B7

Eu vou desvendar os mistérios do teu coração

    E                           G#m                           C#m   Am               

Você nessa vida é tudo que eu sempre quis ,  linda

          E                               B7                       E   B7                                 2  x  

Por favor deixa  eu te mostrar o que é ser feliz

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MENINO BONITO

De:  Rita Lee

Intérprete: Wanderléia                                Tom: D

 

Introd.:  G  A  G  A

D          G                       D7+     F#

Lindo, e eu me sinto enfeitiçada  ê,  ê

     Bm           A    G

correndo perigo

              A                   D        G

Seu olhar é simplesmente lindo,

                                    D7+       F#

mas também não diz mais nada  ê,  ê

     Am7   D7  G        A                   D

Menino bonito  e então quero olhar você

      F#         Bm         B4/7   Bm

e depois ir embora, ah, ah

G       A          D    

Sem dizer o porquê

   F#      Bm        B4/7   Bm 

eu sou cigana , ah, ah, ah

G        A            G     A        D

basta olhar pra você, eh, eh, eh...

 

 

 

 

 

BEIJO E A REZA

 

Intérprete:  Skank                        Tom: B

 

Introd.:   ( B  C# m )

( B  C# m )

Iça , iça Vela do barco   Mar  do  Atlântico Sul

 

Marinheiro  João  do  Arco    Anjo do céu  azul

                                                                                        REFRÃO

Iça iça âncora vela   três milhas do atol

 

Sol na  nuca e o corpo dela  ofusca  A luz do sol

 

Quem  a  vista  a ilha do amor  no mar só se dá bem

 

Um peixe que eu pesquei  me fisgou fui seu peixe  também

 

Me  dá um beijo , que o beijo é uma reza  pro   marujo que se preza            2x

 

Oa  oa balanço do mar   Oa oa amor  vida boa

 

Oa   oa vento  da  vela   Oa  oa   Me  leva  pra ela

 

REFRÃO

 

( B  C# m )

Roupa   lavada no  mar  alto  Cega minha  aflição

 

Moça do batalhão Naval  Pega  na minha  mão

 

Me  dá um beijo , que o beijo é uma reza  pro   marujo que se preza            2x

 

Oa  oa balanço do mar   Oa oa amor  vida boa

 

Oa   oa vento  da  vela   Oa  oa   Me  leva  pra ela

 

INTRODUÇÃO

 

REFRÃO

( B  C# m )

Tempestade vai e vem  Vai firme  no leme marinheiro

 

Ela me quer  e  eu  já não choro  mais  Vou correr  o  mundo inteiro

 

Me  dá um beijo , que o beijo é uma reza  pro   marujo que se preza            2x

 

Oa  oa balanço do mar   Oa oa amor  vida boa

 

Oa   oa vento  da  vela   Oa  oa   Me  leva  pra ela

 

 

 

DANIELA MERCURY

O CANTO DA CIDADE

De: Tote Gira /   Daniela Mercury

 

Tom: D

Intr.:  D   C/D

 

     D                             C/D

A cor dessa cidade sou eu

     D                             C/D

O canto dessa cidade ‚ meu

       D                      C/D

A cor dessa cidade sou eu

         D                  C/D

O canto dessa cidade ‚ meu

      D

O gueto, a rua, a f‚

      C                 Em

Eu vou andando a p‚

          D   F#m   C      Em

Pela cidade    boni . . ,ta

        D            F#m

O toque do afoxé‚

        C                    Em

E a força, de onde vem?

                    D     F#m

Ningué‚m explica

              C    Em

Ela ‚ bonita

    D                   F#m

O gueto, a rua, a f‚

                         C     Em

Eu vou andando a p‚

          D      F#m  C     Em

Pela cidade    boni. , .ta

 

     D              F#m

O toque do afoxé‚

      C                      Em

E a força, de onde vem ?

                  D     F#m

Ninguém explica

           C      Em

Ela ‚  bonita

Bm

U“,“

                     Em

Verdadeiro amor

Bm

U““

                          Em

Você vai onde eu vou

Bm

U““

 

Em

Verdadeiro amor

Bm

U6b

                               Em

Você vai onde eu vou

         D                        F#m

Não diga que não me quer

         C                         Em

não diga que não quer mais

           D                     F#m

Eu sou o silêncio da noite

                      C   Em

O sol da manhã

         D                      F#m

Mil voltas o mundo tem

            C                   Em

Mas tem um ponto final

     D                             F#m

Eu sou o primeiro que canta

                C          Em

Eu sou o carnaval

     D                           C/D

A cor dessa cidade sou eu

     D                             C/D

O canto dessa cidade ‚ meu

    C                          C/D

A cor dessa cidade sou eu

     C                           C/D

O canto dessa cidade ‚ meu

        D                       F#m

não  diga que não me quer

       C                         Em

não diga que não quer mais

      D                           F#m

Eu sou o silêncio da noite

     C              Em

O sol da manhã

        D                    F#m

Mil voltas o mundo tem

         C                     Em

Mas tem um ponto final

     D                               F#m

Eu sou o primeiro que canta

                C            Em

Eu sou o carnaval

Bm

U““

                     Em

Verdadeiro amor

Bm

U““

                             Em

Você vai onde eu vou

 

   Bm

U““

                      Em

Verdadeiro amor

Bm

U““

                            Em

Você vai onde eu vou

      D                            C/D

A cor dessa cidade sou eu

          D                          C/D

O canto dessa cidade ‚ meu

       D                        C/D

A cor dessa cidade sou eu

     D                             C/D

O canto dessa cidade ‚ meu

 

 

ARTE POPULAR

O CANTO DA RAZÃO

De: Leandro Lehart / Ademir Fagaça

 

Tom: Em

Intr.:

 

Em

ESSE É O CANTO DA RAZÃO

  B7                             Em

CANTA ARTE POPULAR

                    Am               B7                    Em

LA, LAIA, LA, LAIA, LA, LAIA, LA, LAIA, LA

B7    Am                         B7                        Em

 LAIA, LA, LAIA, LA, LAIA, LA, LAIA, LA

              B7                          Em

(OH, QUANTAS)      QUANTAS  NOITES

                   D                   C                         B7

MAL DORMIDAS EM CLARO EU PASSEI

          Em                              D

TENTANDO ACHAR  A SAÍDA

            C                   B7      E7

MAS COMO EU LUTEI

       Am                         D7       G7+          C7+

AS  MÁGOAS   SOFRIDAS  RETRATOS DA VIDA

     F#m7/5-       B7               E7                 Am            

PAIXAO RECOLHIDA PORÉM  FOI  PURA

         D7

AMBÇÃO

       G7+          C7+               F#m7/5-                 

A VOZ DA RAZÃO UM CANTO QUE EM

B7               Em

FINAL SOLTEI

                                                     Am

OUVINDO OS SOM DOS TANTÃS

 

                            B7                 Em

SENTINDO OS BALAGANDANS

REPIQUE, PANDEIRO, CAVACO

    Am                 B7                 Em

VIOLA A TRISTEZA VAI EMBORA      (BIS)

 

 

 

 

 

O EXÉRCITO DE UM HOMEM SÓ

 

De:  Gessinger/Licks

Intérprete:  Engenheiros do Hawai        Tom:   E

 

Introdução:    (E   B7   A)

 

 

Não importa se só tocam

 

O primeiro acorde da cação

 

A gente escreve o resto

 

Em linhas tortas

 

Nas portas da percepção

 

Em paredes de banheiro

 

Nas folhas que o outono leva ao chão

 

Em livros de estórias

 

Seremos a memória dos dias que virão

 

Se é que eles virão

 

Não importa se só tocam

 

O primeiro verso da canção

 

A gente escreve o resto

 

Sem muita pressa

 

Com muita precisão

 

Nos interessa o que não foi impresso

 

E continua sendo escrito à mão

 

Escrito à luz de velas

 

Quase na escuridão

 

Longe da multidão

 

Somos um exército

 

O exército de um homem só

 

No difícil exercício de viver em paz

 

Somos um exército

 

O exército de um homem só

 

Sem bandeira

 

Sem fronteiras pra defender, pra defender

 

Não importa se só tocam

 

O primeiro acorde da canção

 

A gente escreve o resto

 

E o resto é falsificação

 

Sangue falso, bang-bang italiano

 

Suíngue falso, turista americano

 

Livres desta estória

 

A nossa trajetória não precisa explicação

 

E não tem explicação

 

REFRÃO

 

Somos um exército

 

O exército de um homem só

 

Sem bandeira

 

Sem fronteiras pra defender, pra defender

 

Não interessa o que o bom senso diz

 

Não interessa o que diz o rei

 

Se o jogo não há juiz

 

Não há jogada fora da lei

 

Não interessa o que diz o ditado

 

Não interessa o que o Estado diz

 

Nós falamos outra língua

 

Moramos em outro país

 

REFRÃO

 

Nesse exército

 

No exercício de um homem só

 

Todos sabem que tanto faz

 

Ser culpado ou ser capaz

 

Tanto faz...

 

 

 

 

 

 

O LEÃOZINHO

De: Caetano Veloso

Intérprete: Caetano Veloso                           Tom: C

 

Introd.:  ( C   G    Am   Em   F7+   Bb7+   C )

 

  C                          G            

Gosto muito de  te  ver leãozinho

    Am                     Em    F7+                   Bb7          C

Caminhando sob  o Sol   gosto muito de  você  leãozinho .

                          G   

Para  desentristecer,  leãozinho

  Am                          Em     F7+                           Bb7           C

O meu  coração  tão    basta     eu  encontrar  você  no caminho

Am                     Am7+              Am7 Am6

Um  filhote  de leão , raio  da manhã

   F                         Em                  Dm  G

arrastando  meu   olhar como um  imã

 Am                         Am7+                Am7  Am6

O meu coração é o Sol  pai de toda cor

  F                                 Em       Dm  G

Quando ele lhe doura a pele, ao léo

    C                          G

Gosto de te ver  ao Sol Leãozinho

Am                         Em

De te ver entrar  no mar   

F7+                Bb7       C

Tua pele, tua luz, tua juba

                              G                       Am                     Em

Gosto de  ficar  ao Sol, Leãozinho de  molhar  minha  juba

F7+                         Bb7              C

De  estar perto de você e entrar numa.

 

 

 

 

 

 

DANIELA MERCURY

O MAIS BELO DOS BELOS

(A VERDADE DO ILÊ)

(O CHARME DA LIBERDADE)

De:  Guiguio / Valter Farias / Adailton Poesia

 

Tom: A

 

                                  E

Quem é que sobe a ladeira

              A

do Curuzu?

                         E

E a coisa mais linda de se ver?

          A

É o Ilê Ayê

                          E

O mais belo dos belos

                  A

Sou eu, sou eu

                               E

Bata no peito mais forte

                       A

E diga: eu sou Ilê

                         E

Não me pegue não, não, não

                         A

Me deixe à vontade

Diz ai

                         E

Não me pegue não, não, não

                             A

Me deixe à vontade

                            E

Deixe eu curtir o llê

 

                             A

O charme da liberdade

Como é que é?

                               E

Deixe eu curtir o Ilê

                              A

O charme da liberdade

                                  E

Quem não curte não sabe, negão

                          A

O que está perdendo

                     E

É tanta felicidade

                             A

O Ilê Ayê vem trazendo

                 E

18 anos de glória, não

            A

São 18 dias

                              E

Nessa linda trajetória

                             A

No carnaval da Bahia

E a galera dizer!

                        E

Não me pegue não, não, não

                        A

Me deixe à vontade, diz ai

                         E

Não me pegue não, não, não

                         A

Me deixe à vontade

                   E

É tão hipnotizante, negão

                           A

O suingue dessa banda

 

                             E

A minha beleza negra

                             A

Aqui é você quem manda

                        E

Vai exalar seu charme, vai

                          A

Para o mundo ver

                                E

Vem mostrar que você é

                               A

A deusa negra do Ilê

E a galera dizer!

                             E

É sábado de carnaval, seu negão

                                          A

Que tremendo zum, zum, zum

                              E

Ele está se preparando pra subir

            A

o Curuzu

                                    E

Quem não aguenta chora não,

                            A

não, de tanta emoção

                                       E

Deus teve o imenso prazer

de criar

                   A

Essa perfeição

E a galera dizer!

                                   E

Quem é que sobe a ladeira

           A

do Curuzu?

                         E

E a coisa mais linda de se ver?

            A

É o Ilê Ayê

          E

O mais belo dos belos

                  A

Sou eu, sou eu

                                  E

Bata no peito mais forte

                      A

E diga: eu sou Ilê . . .

 

 

 

 

 

João Bosco

O mestre-sala dos mares

Autor = João Bosco e Aldir Blanc

 

Tom =  F

Intro.:   F    C7   F

 

F

Há muito tempo

       Bb9          F7+   Bb7

Nas águas da Guanabara

Am7              Ab0          Gm7   D9-

O dragão do mar reapareceu

Gm7                   C7

Na figura de um bravo feiticeiro

Gm7             C7            F7+

A quem a história não esqueceu

Am5-   D7              Gm7

Conhecido como o navegante negro

           Em5-       A7      Dm7

Tinha dignidade de um mestre-sala

Bbm6    F                       Ab0           Gm7

E           ao acenar pelo mar, na alegria das regatas

Gm7                   C7

Foi saudado no ponto

Gm7                         C7

Pelas mocinhas francesas

Gm7         Bbm6                C7                      C9-

Jovens polacas e por batalhões de mulatas

Am5-  D9-   Gm7

Rubras cascatas

     Bb                               C7

Jorravam das costas dos santos

          F7+           Bb7    F

Entre cantos e chibatas

         Ab0             Gm

Inundando o coração

C7                        Gm7

Do pessoal do porão

 

Gm7                Bbm7    C7

Que a exemplo do feiticeiro

      F

Gritava então

C913      Am7   Dm7    Gm7

         Glória      aos piratas

          C

Às mulatas

          F    F7+

Às sereias

Am7             Gm7

Glória à farofa

        C

À cachaça

         F

Às baleias

Am5-  Am6            Am7    Am5-   Am6

Glória à todas as lutas inglórias

Am5-         D7             Am5-   Am6

    Que através de nossa história

Cm7          F             Bb7+   Bb5+   Bb6    Bb5+   Ab0

Não esquecemos jamais

                             Am7

Salve o navegante negro

D7                          G7

Que tem por monumento

      Gm7       C7            F

As pedras pisadas do cais

 

 

 

 

 

O MUNDO ANDA TÃO COMPLICADO

 

De:  Renato Russo

Intérprete:  Legião Urbana        Tom:   C

 

Introdução:        C   Dm   G   C   C7   Dm   Ab   G 

 

 

Gosto de ver você dormir

 

Que nem criança com a boca aberta

 

O telefone chega sexta-feira

 

Aperta o passo por causa da garoa

 

Me empresta um par de meias

 

A gente chega na sessão das dez

 

Hoje eu acordo ao meio-dia

 

Amanhã é a sua vez

 

Vem cá meu bem que é bom lhe ver

 

O mundo anda tão complicado

 

Que hoje eu quero fazer

 

Tudo por você

 

Temos que consertar o despertador

 

E separar todas as ferramentas

 

Porque a mudança grande chegou

 

Com o fogão e a geladeira e a televisão

 

Não precisamos dormir no chão até que é bom

 

Mas a cama chegou na terça

 

E na quinta chegou o som

 

Sempre faço mil coisas ao mesmo tempo

 

E até que é fácil acostumar-se com meu jeito

 

Agora que temos nossa casa

 

É a chave o que sempre esqueço

 

Vamos chamar nossos amigos

 

A gente faz uma feijoada

 

Esquece um pouco do trabalho

 

E fica de bate papo

 

Temos a semana inteira pela frente

 

Você me conta como foi seu dia

 

E a gente diz um pro outro:  Estou com sono, vamos dormir

 

Vem cá meu bem que é bom lhe ver

 

O mundo anda tão complicado

 

Que hoje eu quero fazer

 

Tudo por você

 

Quero ouvir uma canção de amor

 

Que fale da minha situação

 

De quem deixou a segurança do seu mundo

 

Por amor, por amor

 

 

 

 

O NOSSO AMOR A GENTE INVENTA

 

De:  R. Meanda/Cazuza/Rebouças

Intérprete:  Cazuza                        Tom:   A

 

Introdução:         A   A7+   F#m7   C#m7   D7+

 

 

A                                  A7+

O teu amor é uma mentira

            F#m7      E        D

Que a minha vaidade quer

A                            A7+

E o meu poesia de cego

F#m7       E      D

Você não pode ver

A                                        A7+

Não pode ver que no meu mundo

       F#m7         E          D

Um troço qualquer morreu

A                                 A7+

Num corte lento e profundo

F#m7     E    D

Entre você e eu

F#m           E                     D

O nosso amor a gente inventa

F#m      E      D

Pra se distrair

F#m             E                    D

E quando acaba a gente pensa

F#m         E              D

Que ele nunca existiu

A             A7+                F#m  C#m7

O nosso amor a gente inventa,     inventa

A                A7+   F#m    C#m    D

O nosso amor a gente inventa

A                                    A7+

Te ver não é mais tão bacana

F#m             E            D

Quanto a semana passada

A                                A7+

Você nem arrumou a cama

     F#m      E            D 

Parece que fugiu de casa

E

Mas ficou tudo fora do lugar

    D

Café sem açúcar, dança sem par

E

Você podia ao menos me contar

             D

Uma estória romântica

F#m          E                    D

O nosso amor a gente inventa

F#m     E     D

Pra se distrair

F#m            E                   D

E quando acaba a gente pensa

F#m       E             D                      (solo)

Que ele nunca existiu

E

Mas ficou tudo fora do lugar

     D

Café sem açúcar, dança sem par

E

Você podia ao menos me contar

             D

Uma estória romântica

 

F#m           E                     D

O nosso amor a gente inventa

F#m      E      D

Pra se distrair

F#m             E                    D

E quando acaba a gente pensa

F#m         E              D

Que ele nunca existiu

A             A7+                F#m  C#m7

O nosso amor a gente inventa,     inventa

A                A7+   F#m    C#m    D

O nosso amor a gente inventa

 

 

 

 

 

O PAPA É POP

 

De:  Gessinger

Intérprete:  Engenheiros do Hawai        Tom:   Dm

Introdução:    Dm   G   C   Dm

 

     Bb          C              Dm

O pop não poupa ninguém

F                           C

Todo mundo tá relendo

                           Bb

O que nunca foi lido

F                               C

Todo mundo tá comprando

                     Bb

Os mais vendidos

F

Qualquer nota

            C

Qualquer notícia

Bb

Páginas em branco

C

Fotos coloridas

F

Qualquer nova

           C

Qualquer notícia

 Bb                    C

Qualquer coisa que se mova

           Bb                       C

É um alvo e ninguém tá salvo

F                           C

Todo mundo tá revendo

                           Bb

O que nunca foi visto

F

Tá na cara

C                        Bb

Tá na capa da revista

F

Qualquer nota

          C

Uma nota preta

Bb

Páginas em branco

C

Fotos coloridas

F

Qualquer rota

 C

Rotatividade

      Bb                 C

Qualquer coisa que se mova

          Bb                         C

É um alvo e ninguém tá salvo

             Bb              C

Um disparo, um estouro

     Dm

O papa é pop

      G

O papa é pop

     Bb           C             Dm

O pop não poupa ninguém

                                      G

O papa levou um tiro à queima roupa

     Bb          C              Dm

O pop não poupa ninguém

             Dm

O presidente é pop (o papa é pop)

              G

Um indigente é pop ( o papa é pop)

Bb               C           Dm

Nós somos pop também (o pop não poupa ninguém)

 

A minha mente é pop (o papa levou um tiro à queima roupa)

            G

A tua mente é pop

     Bb          C               Dm

O pop não poupa ninguém

F                         C

Uma palavra na tua camiseta

Bb

O planeta na tua cama

F                        C

Uma palavra escrita à lápis

           Bb

Eternidade da semana

F

Qualquer nota

          C

qualquer notícia

Bb

Páginas em branco

C

Fotos coloridas

F                        C

Qualquer coisa quase nova

Bb                      C

Qualquer coisa que se mova

          Bb                         C

É um alvo e ninguém tá salvo

             Bb              C

Um disparo, um estouro

     Dm

O papa é pop

     G

O papa é pop

      Bb          C             Dm

O pop não poupa ninguém

                                        G

O papa levou um tiro à queima roupa

      Bb          C              Dm

O pop não poupa ninguém

      

O presidente é pop (o papa é pop)

               G

Um indigente é pop ( o papa é pop)

Bb               C          Dm

Nós somos pop também (o pop não poupa ninguém)

 

Antigamente é pop (o papa levou um tiro à queima roupa)

            G

Atualmente é pop

      Bb         C              Dm

O pop não poupa ninguém

Bb

Toda catedral é populista

É pop, é macumba pra turista

E afinal o que é rock’n roll?

Os óculos do John, ou olhar do Paul    SOLO              

     Dm

O papa é pop

      G

O papa é pop

     Bb          C              Dm

O pop não poupa ninguém

                                        G

O papa levou um tiro à queima roupa

     Bb          C             Dm

O pop não poupa ninguém

     Dm

O papa é pop

     G

O papa é pop

     Bb          C             Dm

O pop não poupa ninguém

                                        G

O papa levou um tiro à queima roupa

 

O papa é pop

      Bb

O pop não poupa

                   C

O pop não poupa

    Bb           C            Dm

O pop não poupa ninguém...

 

 

 

 

 

O PREÇO

De: Humberto Gessinger

Tom:E

lntr: G#

 

A                        B

O preço que se paga às vezes

 

C#m

é alto demais

A                B                 C#m

É alta madrugada, já é tarde demais

 

G#

Pra pedir perdão

 

                  F#m         B

Pra fingir que não foi mal

 

A                         B

Uma luz se apaga no prédio

 

C#m

em frente ao meu

 

A                                   B

 “Sempre em frente” foi o

                             C#m

conselho que ela me deu

 

  G#                        F#m

Sem me avisar que iria ficar

B

pra trás

E  agora                             

E

Eu pago meus pecados

        F#m                E/G

Por ter acreditado que

 

   B  só se vive uma vez

E

Eu pago meus pecados

F#m                   E/G#

Por ter acreditado que

B

só se vive uma vez

C#m

Pensei que era liberdade

B                                    A

Mas, na verdade, me

    F#m

enganei outra vez

B   A   B  A  B

      A                       B

O preço que se paga às vezes

C#m

é alto demais

A                   B                C#m

É alta madrugada, já é tarde

demais

 

A                         B

Mais uma luz se apaga no

  C#m

prédio em frente ao meu

A               B                C#m

É a última janela iluminada

 

                         G#

Nada de anormal... amanhã

 

F#m        B

ela vai voltar

Enquanto isso

 

 

 

E

Eu pago meus pecados

 

F# m                   E/G#

Por ter acreditado    que

B

só se vive uma vez

E

Eu pago meus pecados

F#m                    E/G#

Por ter acreditado   que

B

só se vive uma vez

C#m

Pensei que era liberdade

   B          A

Mas, na verdade, eram as

  F#m     B    A

grades da prisão

 

B  A  B  A  B  A  B  Solo

 

E

Eu pago meus pecados

 

F#m                   E/G#

Por ter acreditado    que

        B

só se vive uma vez

 

E

Eu pago meus pecados

 

F#m                   E/G#

Por ter acreditado     que

B

só se vive uma vez

C#m

Pensei que era liberdade

B                                    A

Mas, na verdade era só

       F#m  B E

solidão

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Gonzaguinha

O que é o que é?

 

Tom :  A

 

      Dm

Eu fico com a pureza

          Am

Da resposta das crianças

       F7            E7

É a vida é bonita e é bonita

No gogó!

     A                                      Bm

Viver e não ter a vergonha de ser feliz

                                      E7

Cantar e cantar e cantar             A

A beleza de ser um eterno aprendiz

 E7               

Ah, meu Deus!

       A        A7                                                  D

Eu sei, eu sei que a vida devia ser bem melhor e será

         Dm                                     A

Mas isso não impede que eu repita

         Bm         E7             A                   

É bonita, é bonita e é bonita                     BIS

      Am

E a vida?

                                  Dm

E a vida o que é, diga lá, meu irmão?

                                     E7

Ela é a batida de um coração?

 Dm          E7         Am                     

Ela é uma doce ilusão? Ê, ô

E7            Am

Mas e a vida?

     Dm

Ela é maravida ou é sofrimento

                             E7

Ela é alegria ou lamento?

 Dm                     E7          Am

O quem é , o que é, meu irmão?

               G7

Há quem fale que a vida da gente

                         C

É um nada no mundo

           Dm            E7

É uma gota, é um tempo

                              Em5-/7    A7

Que nem dá um segundo

             Dm                                                Am                     

Há quem fale que é um divino mistério profundo

       F7

É o sopro do criador

              E7

Numa atitude repleta de amor

          Dm                        E7

Você diz que é luta e prazer

       Am

Ele diz que a vcida é viver

       E7

Ela diz que melhor é morrer

                            Em5-/7

Pois amada não é

                        A7

E o verbo é sofrer

    Dm

E só sei que condio na moça

                        Am

E na moça eu ponho a força da fé

              F7

Somos nós que fazemos a vida

           E7  

Como der ou puder ou quiser

Dm        E7     Am           G7

Sempre dese...jada, por mais

                    C

Que esteja errada

Dm             E7   Am      B7             E7

Ninguém quer a morte, só saúde e sorte

Dm       E7    Am

E a pergunta roda

    G7           C    A7

E a cabeça agita

Dm

Fico com a pureza

           Am

Da resposta das crianças

       F7                          E7

É a vida é bonita e é bonita

A                                      Bm

Viver e não ter a vergonha de ser feliz

                                      E7

Cantar e cantar e cantar             A

A beleza de ser um eterno aprendiz

 E7               

Ah, meu Deus!

       A        A7                                                  D

Eu sei, eu sei que a vida devia ser bem melhor e será

         Dm                                     A

Mas isso não impede que eu repita

         Bm         E7             A                   

É bonita, é bonita e é bonita

 

 

 

 

 

HERÓIS DA RESISTÒNCIA

O QUE EU SEMPRE QUIS

De: Leoni

Tom: Em

 

Intr.: C  D  Bm Em

 

C             D

O vento sopra a noite

Bm       Em

Sobre mim

C                D

E eu sinto tanto frio

 Bm      Em

Mas eu sei

C                D

Melhor ficar assim

Bm               Em

Melhor não ter

C                D

Alguém‚m pra ir embora

Bm            Em

Pr  esquecer

C

então você me trouxe

Pro lado quente e doce

 Eb

então você me trouxe

      D

O que eu queria ter

G             Am

Depois de tanto tempo

     C              D

Eu durmo em paz

G                     Am

Que eu j  não tenho tanto

 

C           D

Pra esquecer

G           Am

Todo momento bom

      C         D

Me faz lembrar

G          Am

Cada sorriso seu

      C        F

Me faz viver

                C         Eb   D     G

O que eu sempre quis vi..,ver

C           D

O vento varre a noite

Bm       Em

De uma vez

C           D            Bm          Em

E o frio que eu sentia vai també‚m

C           D            Bm           Em

E quando nasce o dia sobre nós

C        D             Bm             Em

O dia ‚ s¢ pra gente mais ningu‚m

C

Porque você me trouxe

Pro lado quente; e doce

Eb

Porque você me trouxe

     D

O que eu queda ter

G                 Am                     C

Depois de" tanto tempo eu durmo

        D

em paz

G                   Am               C               D

Que eu já não tenho tanto pra esquecer

G          Am                    C          D

Toco momento bom me faz lembrar

G           Am

Cada sorriso seu

        C       F

Me faz viver

              C            Eb    D    G

O que eu sempre quis vi..,ver

Am

E mesmo sem querer

C

Você me deu

           Eb

O que mesmo sem saber

D

No fundo eu sempre quis

 Am

E agora que já sei

C

Eu vou fazer

              Eb

O que eu puder fazer

       D

Pra te fazer feliz

G               Am             C

Depois de tanto tempo eu durmo

      D

em paz

G                   Am              C

Que eu já não tenho tanto pra

          D

esquecer

G             Am                 C         D

Todo momento bom me faz lembrar

G            Am              C      F

Cada sorriso seu me faz viver o que eu

C           Eb D    G

sempre quis vi..,ver. . .

 

 

 

 

 

 

Arnaldo Antunes

 

O SILÊNCIO

De: Carlinhos Brown /

Arnaldo Antunes

 

Tom: E

 

Antes de existir computador

existia tevê

Antes de existir tevê existia

luz elétrica

Antes de existir luz elétrica

existia bicicleta

Antes de existir bicicleta existia

enciclopédia

Antes de existir enciclopédia

existia alfabeto

Antes de existir alfabeto .

existia a voz

Antes de existir a voz existia

o silêncio

O silêncio

 

            A                                  E

Foi a primeira coisa que existiu ,

          A                                  E

Um silêncio que ninguém ouviu

A                                     E

Astro pelo céu em movimento

        A                         E

E o som do gelo derretendo

         A

O barulho do cabelo em

 

           E  

crescimento

 

                         A        E

E a música do vento

 

             A                          E

 E a matéria em decomposição

         A                        E

A barriga digerindo o pão

          A                               E

Explosão da semente sob o chão

 

       A                                E

Diamante nascendo do carvão

 

A

Homem pedra planta bicho flor

Luz elétrica teve computador

Batedeira liqüidificador

Vamos ouvir esse silêncio meu

 

    E

amor

 

             A                         E

Amplificado no amplificador

 

 A                                  E

Do estetoscópio do doutor

 

                    A

No lado esquerdo do peito

 

E

esse tambor .

(D  E  D  E   D  E  D  E)

 

(E)

Antes de existir computador

existia tevê (tevê!)

Antes de existir tevê existia

luz elétrica (elétrica,

elétrica, elétrica)

Antes de existir luz elétrica

existia bicicleta (bicicleta,

bicicleta, bicicleta)

Antes de existir bicicleta existia

enciclopédia (enciclopédia,

 

enciclopédia, enciclopédia)

A                                G

Antes de existir enciclopédia

               A

existia alfabeto (alfabeto,

 

    G

alfabeto, alfabeto)

 

 A                           G

Antes de existir alfabeto

 

             A                  G

existia a voz (voz!) .

A                       G

Antes de existir voz existia o silêncio

O silêncio

 

            A                                E

Foi a primeira coisa que existiu

      A                                  E

Um silêncio que ninguém ouviu

 

A                                  E

Astro pelo céu em movimento

 

      A                         E

E o som do gelo derretendo

      A

O barulho do cabelo em

 

        E

crescimento

 

                      A      E

E a música do vento

 

         A                              G

E a matéria em decomposição

      A                            G

A barriga digerindo o pão

 

     A                                     G

Explosão da semente sob o chão

 

       A                                    G

Diamante nascendo do carvão

A

_ Homem pedra planta bicho flor

Luz elétrica teve computador

                                  E

Batedeira liquidificador _

D   E   D   E  D   E  D  E

 

                 A

Vamos ouvir esse silêncio meu

   E

amor .

            A                           E

Amplificado no amplificador

 

A                                     E

Do estetoscópio do doutor

 

                     A

No lado esquerdo do peito

E

esse tambor

 

(A      E) .

 

vocalização

 

Anaê naê ...

 

 

 

 

 

 

 

O SONHO NÃO É ILUSÃO

De:

Intérprete:  Só Pra Contrariar                     Tom:  E

 

Introd.:   (E  F#  Am  E  B/A   B7/9-)

 

E                                              G#m                          F#m    B7

Tão falando pra eu tomar cuidado que eu posso sofrer

                F#m                               B7                         E

Eu nãao ligo   eu te quero  eu assumo eu pago pra ver

                                           E5+

No amor tanta coisa acontece

                           A                                 D7/9

Só quem está dentro é que pode entender

             E                                 F#                                    Am      B7

Dessa vez eu não vou me fechar eu não vou me esconder

 

                  E                                 G#m

Que o passado não tem importância

                       F#m    B7

Não quero saber

                F#m                            B7                    E

O que importa de agora em diante sou eu e você

                                             E5+

As estórias de amor que tivemos

                        A                        Am

foram uma espécie de preparação

               E                         F7                    F#m

Nós ficamos  amadurecidos e sábios de coração            2x

Am                                E       B7

Nosso sonho não é ilusão

                     E                      G#m

Quero ser feliz você também

                        A7+                      B7

Não devemos nada pra ninguém

                      E                   G#m

Tá pegando fogo nosso amor

               A7+                   B7

Me leva pra onde você for

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O TEMPO NÃO PARA

 

De:  Arnaldo Brandão/Cazuza

Intérprete:  Cazuza                        Tom:   Em

 

Introdução:        Em7

 

Em7

Disparo contra o sol

                               Am7

Sou forte, sou por acaso

                                                 D

Minha metralhadora cheia de mágoas

                  Em7

Eu sou um cara

 

Cansado de correr

                                 Am7

Na direção contrária

 

Sem pódium de chegada

                             D

Ou beijo de namorada

                           Em7

Eu sou mais um cara

                                                                   Am7

Mas se você achar que eu estou derrotado

 

Saiba que ainda estão rolando os dados

D                                                Em7

Porque o tempo, o tempo não para

        

Dias sim, dias não

      Am7                                                D

Eu vou sobrevivendo sem um arranhão

                                             Em7

Da caridade de quem me detesta

G                                         Am

A tua piscina está cheia de ratos

                                                        D

Suas idéias não correspondem aos fatos

                         C

O tempo não para

G                                            Am

Eu vejo o futuro repetir o passado

                                                         D

Eu vejo um museu de grandes novidades

                       C

O tempo não para

          D                        Em7

Não para, não, não para

 

Eu não tenho data pra comemorar

      Am7                                                  D

Às vezes os meus dias são de par em par

                                            Em7

Procurando agulhas no palheiro

 

Nas noites de frio é melhor nem nascer

              Am7

Nas de calor se escolhe:  é matar ou morrer

D                                           Em7

E assim nos tornamos brasileiros

       

Te chamam de ladrão, de bicha, maconheiro

Am7                                                     D

Transformam um país inteiro num puteiro

                                                Em7

Pois assim se ganha mais dinheiro

G                                         Am7

A tua piscina está cheia de ratos

                                                          D

Suas idéias não correspondem aos fatos

                        C

O tempo não para

G                                           Am7

Eu vejo o futuro repetir o passado

                                                         D

Eu vejo um museu de grandes novidades

                       C                       D                SOLO (G   Am   D   C   Em   Am   D   C   )

O tempo não para, não para, não, não para

Em7   

Dias sim, dias não

       Am7                                                D

Eu vou sobrevivendo sem um arranhão

                                             Em7

Da caridade de quem me detesta

G                                          Am7

A tua piscina está cheia de ratos

                                                        D

Suas idéias não correspondem aos fatos

                       C

O tempo não para

G                                          Am7

Eu vejo o futuro repetir o passado

                                                         D

Eu vejo um museu de grandes novidades

                       C                      D           Em7

O tempo não para, não para, não, não para

 

 

 

 

 

ARTE POPULAR

O TEU CHEIRO

De: Leandro Lehart

 

 

Tom: Gm

 

Gm                                                       D7

ESSE TEU CHEIRO TODO MEU AMOR

                                                          Gm

ME DEIXA LOUCO PE€O POR FAVOR A NOITE

                                Eb7                 D7   Gm

É NOSSA AGORA VEM ME AMAR

                                                          D7

DEIXA ROLAR A VIDA COMO FOR  ESQUEGA

                                                     Gm

O RESTO E TODA AQUELA DOR QUE VOCÊ SENTE

                     Eb7    D7    G7    Cm

DEIXA EU TE CURAR         TODO ESSE TEMPO

                                 Gm

EU FICO A  TE OLHAR   E NESSE BARCO VAMOS

            Cm                                                         

NAVEGAR    É TÃO GOSTOSO BRINCAR

D7     G7

DE AMAR

                           Cm

BRINCAR DE AMAR TODO ESSE TEMPO EU FICO

             Gm                                                               

A TE OLHAR     E NESSE BARCO VAMOS

          Cm

NAVEGAR

         

                                               D7    G

É TÃO GOSTOSO BRINCAR DE AMAR

                E7        Am        D7   G

QUERO SIM QUERO SIM

                                                           Am

QUERO SEU AMOR NA MINHA VIDA

D7                                                     G

TUDO O QUE DESEJO  SER FELIZ

                                                             C   Cm

NÃO VAMOS PENSAR EM DESPEDIDA

                                          D7                Gm

VAMOS FAZER O QUE SE SEMPRE QUIS

                                                       Cm

É SÓ APAGAR AQUELA CICATRIZ

                                                 D7            G7

E O PASSADO O QUE PASSOU, PASSOU

                         Cm

PASSOU PASSOU

                                           D7                  Gm

VAMOS FAZER O QUE SE SEMPRE QUIS

                                                      Cm

É SÓ APAGAR AQUELA CICATRIZ

                                                  D7           Gm

E O PASSADO, O QUE PASSOU,PASSOU

 

 

 

 

 

 

O VIRA

 

De: João Ricardo/ Luli

Intérprete: Secos e Molhados    Tom:  C

 

Introdução:        C

 

C                       F

O gato preto cruzou a estrada

     C                                 G7

Passou por debaixo da escada

             C7                                   F

E lá no fundo azul da noite da floresta

                  G7

A lua iluminou

                              C

A dança, a roda, a festa

 

Vira, vira, vira

                          G7

Vira, vira, vira homem vira, vira,

                        C

Vira, vira lobisomem

 

Vira, vira, vira

                          G7

Vira, vira, vira homem vira, vira,

                        C

Vira, vira lobisomem

C                         F

Bailam corujas e pirilampos

C                           G7

Entre os sacis e as fadas

             C7                                  F

E lá no fundo azul da noite da floresta

                   G7

A lua iluminou

                               C

A dança, a roda, a festa

 

Vira, vira, vira

                          G7

Vira, vira, vira homem vira, vira,

                         C

Vira, vira lobisomem

 

Vira, vira, vira

                           G7

Vira, vira, vira homem vira, vira,

                        C

Vira, vira lobisomem

 

 

 

 

VOLTA PRA MIM

De:  Cleberson Horsth / Ricardo Feghali

Intérprete: Roupa Nova                               Tom: D

 

Introd.:  D  A7  Bm  G  D  A7  D

D                 Em     D                   Gm/D

Amanheci sozinho   Na cama um vazio

D                          Bm                  Em                   G/A

Meu coração que se foi     Sem dizer se voltava depois

         D                          G         Gm         D                             G/A        

Sofrimento meu não vou aguentar   Se a mulher que escolhi pra viver

                      D  G  A   D                             Em

Não me quer mais           Sempre depois das brigas

D                         Gm/D     D                 Bm

Nós nos amamos muito       Dia  e noite a sós

         Em                        G/A                  D 

O universo era pouco pra nós      O que aconteceu

          G            Gm             D                       G/A

Pra você ficar assim    Se te fiz algo errado perdão

                D

Volta pra mim

Bb                         F           C                           G

Essa paixão é meu mundo    Um sentimento profundo

D                               A7                                 E

Sonho acordado um segundo     Que você vai ligar

C                     G      D                            A

O telefone que toca    Eu digo alô  sem resposta

C                           G                            G/A

Mas não desliga escuta o que eu vou te falar

         D                 A                    Bm             G

Eu te amo e vou gritar pra todo o mundo ouvir

          D                Bm         A

Ter você é meu desejo de viver

          D               A                    Bm          G

Sou menino e teu amor é que me faz crescer

            D                    G/A           D   G    A

E me entrego corpo e alma pra você

D                           Em          D                      Gm/D     (Solo)

Sempre depois das brigas   Nós nos amamos muito

Bb                          F         C                          G

Essa paixão é meu mundo   Um sentimento profundo

D                                 A7                         E

Sonho acordado um segundo que você vai ligar

C                      G     D                          A

O telefone que toca   Eu digo alô sem resposta

C                           G                             G/A

Mas não desliga escuta o que eu vou te falar

           D               A                    Bm           G

Eu te amo e vou gritar pra todo mundo ouvir

        D               Bm          A

Ter você é meu desejo de viver

          D                A                   Bm             G

Sou menino e teu amor é que me faz crescer

           D                      G/A         D

E me entrego corpo e alma pra você.